Saiba como abrir uma conta em euro no Brasil e escolha a melhor alternativa [2024]

Andrea Côrtes
Lucia D. Martin
Atualizado
30 de abril de 2024

Uma conta internacional é o jeito mais prático para receber, enviar e guardar euros, além de reduzir despesas com a conversão da moeda em transferências internacionais. No entanto, abrir uma conta em euro no Brasil pode ser difícil e burocrático se você escolher grandes instituições bancárias.

A boa notícia é que provedores online como a Wise e bancos digitais como o Nomad são alternativas mais simples e econômicas para quem precisa abrir uma conta digital em euro para movimentar dinheiro com praticidade e economia.

Neste artigo, descubra qual a melhor conta em euro no Brasil, quais os requisitos de abertura, os principais custos e veja um passo a passo para solicitar a sua conta internacional. Aproveite para conhecer os principais bancos e provedores online que oferecem esse serviço.

Conta multimoeda Wise
Abra a sua conta na WiseCompare outros provedores

Você vai encontrar neste artigo:

Sim, é possível abrir uma conta em euro no Brasil. Embora alguns bancos ofereçam esse tipo de serviço aos seus clientes, o processo pode ser bastante burocrático e envolver custos elevados. Portanto, é provável que você prefira obter a sua conta internacional em euros em bancos digitais ou provedores online especializados, como a Wise.

As contas em euros dificilmente aparecem no catálogo de serviços de grandes bancos. Além disso, os poucos bancos que disponibilizam esse recurso ainda aplicam critérios de elegibilidade restritos, altas taxas de câmbio e diversas tarifas pelas operações financeiras.

Por outro lado, os provedores especializados e os bancos digitais têm contas internacionais em euros e outras moedas que podem ser abertas online, sem burocracia. Essas contas costumam oferecer taxas reduzidas e estão disponíveis para pessoas físicas e jurídicas.

Qual a melhor alternativa para abrir conta em euro no Brasil?

Não há tantas opções de conta internacional em euro disponíveis no Brasil. Mas existem provedores online com contas multimoeda de baixo custo e acessíveis para pessoas físicas e jurídicas.

Escolher a melhor conta em euro no Brasil depende das suas necessidades específicas e do tipo de transação que irá realizar. Para ajudar na escolha, confira algumas das principais opções do mercado brasileiro.

ProvedorTaxa de aberturaTarifa de manutençãoServiços adicionais
WiseGratuitaGratuitaCartão de débito vinculado à conta, suporte para mais de 40 moedas, dados bancários internacionais para receber dinheiro em até 8 moedas
Santanderinformação indisponívelinformação indisponívelConta empresarial disponível em euro ou dólar
RevolutGratuita Gratuita Cartão de débito, suporte para mais de 30 moedas, acesso a poupanças e investimentos
C6 BankUSD 10 Gratuita Cartão de débito, suporte a dólar ou euro e saques gratuitos na rede Chase nos EUA

*Consulta realizada em 19/12/2023 nos sites Wise, Santander, Revolut e C6 Bank.

Como mostra a tabela acima, provedores online, como a Wise, Revolut e C6 Bank, oferecem abertura de conta gratuita, sem taxas de manutenção e inúmeras vantagens, como contas em diferentes moedas e cartão de débito vinculado.

A seguir, saiba mais sobre cada alternativa apresentada.

Wise

Os clientes da Wise, sejam eles pessoas físicas ou jurídicas, podem abrir conta em euro no Brasil pelo site ou aplicativo da fintech. Também é possível converter, guardar, enviar e receber dinheiro em mais de 40 moedas diferentes.

A Wise também disponibiliza dados bancários de contas locais para quem precisa receber dinheiro internacional. Dessa forma, você pode receber transferências em até 8 moedas, incluindo euro, dólar e libra esterlina.

A Wise também oferece um cartão de débito internacional aceito em mais de 170 países para compras e saques. Todas as conversões usando a taxa de câmbio média de mercado sem margem de lucro e IOF de 1,1%.

Com a conta multimoeda, também é possível aproveitar os seguintes benefícios:

  • IOF de 1,1% em compras;

  • Taxa de serviço a partir de 0,43%;

  • Conversão de dinheiro de forma instantânea;

  • Transferências para mais de 70 países;

  • Abertura de conta pelo site ou aplicativo da Wise.

Taxas: abertura e manutenção de conta gratuitas;

Moedas: a conta suporta mais de 40 moedas, incluindo o EUR;

Principais características: conta multimoeda com suporte a mais de 40 moedas para converter, guardar e gastar e cartão de débito internacional aceito em mais de 170 países.

Wise card banner with blue and green motives print
Abra a sua conta na Wise

Santander

O Santander tem uma conta bancária internacional em euros no Brasil, mas o serviço é exclusivo para empresas. Com ela, você pode utilizar os dados da conta para enviar e receber dinheiro do exterior em transações com clientes e fornecedores.

A conta internacional pode ser configurada de acordo com o perfil da empresa ou modelo de negócio. Para isso, devem ser considerados diversos fatores, como a localidade dos recebimentos, pagamentos, moedas utilizadas, proteção contra a flutuação do câmbio e fuso horário.

Além de exclusiva para empresas, a conta do Santander só pode ser solicitada por correntistas do banco. O pedido deve ser feito pelo próprio cliente ao Gerente de Relacionamento ou Gerente de Negócios Internacionais em uma das agências bancárias.

Taxas: as taxas de abertura e manutenção são definidas em negociação;

Moedas: conta em euro ou dólar;

Principais características: disponível apenas para clientes corporativos, principalmente para empresas que trabalham com importação e exportação.

Santander Bank
Descubra as contas do Santander

Revolut

A conta internacional da Revolut suporta mais de 30 moedas, mas permite apenas a conversão de reais para dólares. Depois de adquirir USD, o usuário pode fazer novas conversões para outras moedas, incluindo o euro. Por meio da plataforma, é possível guardar dinheiro, enviar e receber transferências de diversos países com rapidez, praticidade e economia.

Sem taxa de abertura e manutenção, as conversões de moedas são feitas em tempo real pelo aplicativo e cobram IOF de 1,1% e taxa de serviço de 1% em horário comercial ou 1,5% fora do horário comercial. A plataforma ainda oferece um cartão de débito internacional para saques e pagamentos em mais de 150 países.

No Brasil, apenas o plano padrão da Revolut, gratuito, está disponível. Para criar a conta, basta acessar o aplicativo e preencher os seus dados pessoais.

Taxas: sem taxa de abertura ou manutenção no plano padrão;

Moedas: mais 30 moedas disponíveis, inclusive EUR, USD e GBP;

Principais características: conta multimoedas com suporte a mais de 30 moedas, cartão de débito internacional vinculado e acesso a poupanças e investimentos.

Revolut card
Descubra a conta Revolut

C6 Bank

Clientes com conta corrente ativa no C6 Bank podem abrir uma conta digital em euro pelo próprio aplicativo do banco. Ela permite guardar, enviar e receber dinheiro em EUR ou USD para usar em compras e saques no exterior a partir de um cartão de débito internacional.

A conta Global do C6 Bank tem custo de abertura de USD 10 e usa o câmbio comercial sem margem e IOF de 1,1% para converter o dinheiro. Em horário comercial, o banco aplica 2,5% de spread para a conversão do euro e 2% para a troca de dólares.

Apesar de oferecer saques gratuitos em caixas eletrônicos da rede Chase nos EUA, os saques em euro são tarifados em EUR 5.

Taxas: o custo de abertura de conta é USD 10, que será convertido para reais e deduzido na conta corrente no C6Bank em reais. Não há taxas de manutenção;

Moedas: EUR ou USD;

Principais características: disponível para correntistas do C6 Bank, suporte ao euro ou dólar e cartão de débito internacional vinculado.

C6 Bank
Descubra o C6 Bank

Quais são as vantagens de abrir uma conta em euro no Brasil?

Abrir uma conta internacional em euro pode trazer grandes vantagens para pessoas físicas ou empresas e freelancers que prestam serviços no exterior. Turistas que viajam com regularidade também podem aproveitar contas com cartão para sacar dinheiro como um local e evitar altas taxas de conversão.

Ao receber e manter euros em conta, você pode gerenciar melhor as flutuações nas taxas de câmbio e fazer conversões em momentos mais vantajosos. Quando o câmbio estiver desfavorável, basta manter o saldo e comprar euros no futuro, quando as taxas melhorarem.

Para empresas, uma conta em euros pode funcionar como um hedge natural, já que podem gastar na mesma moeda ao invés de converter reais para euros todas as vezes que precisam realizar uma operação de câmbio. A conta em euros ainda pode facilitar o pagamento de provedores europeus e clientes que preferem usar a moeda local.

Como conseguir detalhes da conta em euros no Brasil

Para obter detalhes de uma conta em euros, é possível recorrer a provedores como Wise e Revolut. Essas empresas oferecem a facilidade de abrir e gerenciar contas digitais em euros a partir do Brasil, sem grandes burocracias ou custos elevados.

Na Wise, por exemplo, o usuário pode ativar o seu saldo em euros e solicitar os dados da conta gratuitamente. É preciso adicionar ao menos EUR 20 de saldo para habilitar a função, mas o valor ficará disponível para compras e saques. Também pode ser preciso realizar processos adicionais de verificação de identidade.

Como abrir uma conta em euro no Brasil

O processo para abrir uma conta em euro no Brasil varia de acordo com o provedor escolhido. Como poucos bancos oferecem esse serviço, é provável que você prefira optar por uma empresa especializada em contas internacionais, como a Wise e a Revolut.

A abertura da conta em euros pode ser feita em plataformas digitais, como aplicativo ou site. Normalmente, é preciso seguir alguns passos comuns:

  1. Escolha o provedor com as melhores condições e taxas;

  2. Crie uma conta online pelo aplicativo do provedor ou abra a sua conta presencialmente em uma agência;

  3. Informe seus dados pessoais e apresente documentos como comprovante de residência;

  4. Conclua as etapas de verificação exigidas pelo fornecedor;

  5. Finalize a conta e comece a usá-la!

Em algum momento do processo, o provedor pode solicitar o envio de documentos para verificar a sua identidade e o seu endereço residencial. Os documentos podem variar conforme o tipo de conta, mas é comum a exigência de:

  • Documento de identidade com foto: RG, CNH ou passaporte;

  • Comprovante de endereço: contas de energia ou extrato bancário em seu nome;

  • Documento de registro comercial para contas empresariais.

Abra agora a sua conta Wise
Quer pagar menos na sua próxima transferência internacional com a Wise? Clique aqui e obtenha um cupom de desconto

Como adicionar dinheiro à sua conta em EUR?

Existem várias formas de adicionar dinheiro a uma conta em euros. Os métodos mais comuns incluem:

  • Transferência bancária: permite enviar reais de uma conta nacional para a conta internacional que fará o câmbio;

  • PIX: de forma semelhante à transferência bancária, facilita o envio de valores para a conta internacional, mas de forma instantânea;

  • Pagamentos com cartão: facilitam o depósito de dinheiro em uma conta internacional usando cartão de débito ou crédito;

  • Transferência internacional: alguns provedores aceitam receber transferências em moedas estrangeiras, como o euro.

Conta em euros com cartão de débito

Se você pretende obter e gastar em euros no exterior, pode ser interessante abrir uma conta com acesso a um cartão de débito internacional. A Wise, a Revolut e o C6 Bank são exemplos de contas que permitem usar o saldo em EUR diretamente da conta, sem taxas adicionais.

  • Conta Wise: permite fazer recargas e receber transferências em euros. Não cobra taxas para usar o saldo em conta no exterior;

  • Conta Revolut: permite converter apenas dinheiro de reais para dólares, mas o usuário pode trocar USD em outras moedas, como o EUR. Também não cobra taxas de operações em moedas locais;

  • Conta C6 Global: facilita recargas e transferências em euros. Não cobra taxas para operações em moedas locais.

    Conheça as principais características dos melhores cartões de viagem para usar na Europa

Conclusão: vale a pena ter uma conta em euros no Brasil?

Se você está em dúvida se vale a pena ter uma conta em euro no Brasil, é importante considerar as vantagens de fazer operações no exterior usando moedas locais. Além da redução de custos para o câmbio, a solução ainda costuma garantir mais praticidade para os pagamentos do dia a dia.

No entanto, os principais grandes bancos do Brasil não oferecem contas em euros para seus clientes, mesmo que sejam pessoas físicas. Os poucos que oferecem o serviço costumam aplicar altas taxas e limitam o serviço para correntistas ou empresas de grande porte.

A boa notícia é que alguns provedores online, como Wise e Revolut, oferecem contas em euro com condições interessantes, como abertura gratuita, suporte a várias moedas e aplicação do câmbio comercial e de IOF de 1,1% para a conversão do dinheiro. Você pode usar este guia para iniciar sua pesquisa e abrir a conta em euro no Brasil mais adequada às suas necessidades.

Abra a sua conta WiseDescubra a Revolut

Melhor conta em euros no Brasil - Perguntas frequentes

Eu posso abrir uma conta em euro no Brasil?

Sim, você pode abrir uma conta em euro no Brasil. No entanto, muitos bancos tradicionais não oferecem contas internacionais nessa moeda para pessoa física, então você pode achar mais fácil e conveniente usar os serviços especializados de provedores online como a Wise e Revolut.

Qual o custo para abrir uma conta em euro?

Muitos provedores não cobram taxas para abertura ou manutenção de contas em euro no Brasil. No entanto, como podem ser cobradas outras tarifas sobre as operações financeiras, é importante fazer uma pesquisa para encontrar a conta com melhor custo-benefício.

A conta em euros paga imposto no Brasil ou na Europa?

Os impostos aplicados à conta em euros vão variar de acordo com a residência fiscal do titular. Residentes no Brasil pagarão o imposto IOF para converter valores.

Precisa declarar a conta em euros no Imposto de Renda?

Sim, toda pessoa física com mais de BRL 140 em uma conta internacional precisa fazer a declaração dos seus depósitos não remunerados no exterior no Imposto de Renda.